Link de exemplo

Voltar para Notícias

Tutela Coletiva e Cível

MP de São Bernardo do Campo debate com população soluções para a região do Pós-Balsa

Discussão pública teve a participação de mais de 200 moradores

O Ministério Público promoveu, nesta quarta-feira (19), uma reunião pública na Câmara Municipal de São Bernardo do Campo para tratar de soluções para o problema da travessia da balsa João Basso e da falta de segurança na região, conhecida como pós-balsa, que abrange os bairros Tatetos e Santa Cruz, entre outros. A reunião foi organizada pelo Promotor de Justiça Jairo Edward De Luca e contou com mais de 200 moradores da região. Em março deste ano o MP inaugurou a Promotoria Comunitária do Pós-Balsa e acompanha as dificuldades dos moradores no local.

O Promotor abriu a reunião apresentando vídeos que apontam as necessidades prementes para uma melhor operação do sistema de balsas. Em seguida, os moradores puderam se manifestar, apresentando reivindicações e sugestões às autoridades presentes. A lentidão e o serviço de má qualidade prestado na travessia João Basso pela empresa que opera o sistema foi o ponto mais destacado pelos presentes.

Outras reivindicações foram apresentadas pelos moradores, que deram ênfase no pleito relacionado com a instalação de base da Polícia Militar naquela região, além de uma melhor iluminação.

O Promotor Jairo De Luca disse que 'um dos objetivos do encontro é que o poder público olhe para a questão. Vamos encaminhar tudo o que foi debatido, e pedir uma reunião com o governador'. E completou: 'O mais importante é a disposição política. Os governos estadual e municipal precisam sentar e decidir juntos como melhorar a vida dessa população'.

Estiveram presentes à audiência o Presidente da Câmara de São Bernardo, Tião Mateus; os Vereadores Antonio Carlos da Silva, o Toninho da Lanchonete; Hiroyuki Minami; Luizinho; Marcelo Lima; Osvaldo Camargo; Walter Tavares; Fábio Landi, e José Ferreira; os Secretários Municipais Tereza Santos (Chefe de Gabinete); Benedito Mariano (Segurança Urbana); Márcia Barral, (Desenvolvimento Social e Cidadania); Oscar Gameiro (Transportes e Vias Públicas); o Subprefeito do Riacho Grande, Wagner Lino; a Deputada Estadual Ana do Carmo; o Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de São Bernardo do Campo, Luís Ricardo Davanzo; o Procurador da República Steven Shuniti; a Defensora Pública, Fernanda Capitanio Solto; o Major da Polícia Militar, Roberto Nauheimer; o Delegado da Polícia Civil, Baldonero Neto; os representantes da Artesp, Yuri Alves de Oliveira Primitiz e Rômulo Martin Galleni, além de representantes sindicais da Concessionária Ecovias, advogados e lideranças de bairro.