Link de exemplo

Voltar para Notícias

Criminal

MP denuncia 8 por golpe da recolocação profissional

MP denuncia 8 por golpe da recolocação profissional

O Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO – núcleo São Paulo), apresentou à Justiça denúncia (acusação formal) contra oito pessoas que aplicavam golpes de recolocação profissional. Eles foram denunciados por formação de quadrilha ou bando, por estelionatos e crimes contra as relações de consumo.

Os promotores apuraram que F.C.P., F.C.P., F.E.P., M.R.D. e M.B.D. atuavam como “laranjas” de C.R.D., R.A.D. e C.V.D. na empresa de nome Center’s Marketing, Editoração, Comunicação Empresarial e Comércio Ltda.

A Center’s prometia aos seus clientes conseguir recolocação profissional no mercado de trabalho, oferecia vagas profissionais inexistentes, elaboração de currículos, entrevistas e até treinamentos. Duas vítimas, identificadas durante as investigações, chegaram a pagar até R$ 2,5 mil cada uma para a realização dos serviços, mas nada foi feito.

Em um dos casos, a empresa chegou a devolver a uma das vítimas, após mais de um ano, o valor pago. Entretanto, ainda que a empresa tenha juntado diversas rescisões contratuais e outros documentos, nunca conseguiu provar que, ao menos uma vez, executou o serviço de recolocação profissional.

De acordo com a denúncia, a Center’s é a quinta empresa que a família Deffune monta com o mesmo objetivo de ludibriar as pessoas. Outros procedimentos criminais já investigavam a organização criminosa montada pelos Deffune, inclusive outras cinco empresas anteriores: Alphalaser, Dow Right, Gatework, Keepers e a DR E-Learning.