Link de exemplo

Voltar para Notícias

Criminal

MP denuncia por homicídio doloso motorista que provocou 2 mortes em Ribeirão Preto

Homem dirigia sob efeito de álcool e drogas e em alta velocidade

O Ministério Público ofereceu denúncia (acusação formal) à Justiça Criminal de Ribeirão Preto contra Mateus José Andrade, que na noite de 19 de julho, dirigindo sob o efeito de drogas e álcool, provocou um acidente causando a morte de duas pessoas. Andrade foi denunciado por dolo eventual, no qual o autor não tem a intenção de provocar morte, mas com sua conduta assume o risco de ocasionar esse resultado.

De acordo com a denúncia oferecida no dia 30 de julho pelo Promotor de Justiça Marcus Túlio Alves Nicolino, Mateus José Andrade trafegava pela Avenida Luzitana, , embriagado e sob o efeito de cocaína, conduzindo seu veículo Tuareg em alta velocidade, quando, ao passar por uma lombada, perdeu o controle e colidiu com um Corsa dirigido por Vilma Aparecida da Silva Santos. O impacto provocou a morte instantânea da motorista e de Duane Aparecida Alves, de oito anos, que estava no banco do carona do veículo.

Para o Promotor, 'da maneira irresponsável como agiu, Mateus José Andrade assumiu o risco de produzir o resultado, ou seja, embora com plenas condições de prever o desfecho de sua conduta, pois estava embriagado e também sob o efeito de 'cocaína', bem como em altíssima velocidade, aceitou e se conformou com a possibilidade de causar a morte das vítimas, o que de fato acabou acontecendo'.

Andrade foi denunciado por homicídio duplamente qualificado (perigo comum e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas).