Link de exemplo

Voltar para Notícias

Administração Superior e Gestão

MP e TJ discutem incrementação do Juizado Especial do Torcedor

Objetivo é aplicação de medidas para combater a violência nos estádios

O Ministério Público e o Tribunal de Justiça estão discutindo, em conjunto, formas de incrementar o Juizado Especial do Torcedor, que em São Paulo funciona em anexo ao Juizado Especial Criminal.

Para tratar da questão, a Comissão do Juizado Especial de Defesa do Torcedor, o Ministro do Esporte, Aldo Rabelo, e os Promotores de Justiça do JECRIM Paulo Castilho e Matheus Jacob Fialdini, estiveram reunidos no final da tarde desta segunda-feira (13/10) com o Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Desembargador José Renato Nalini.

Autoridades discutem, no Tribunal de Justiça, medidas que inibam a violência nos estádios

Do encontro participaram também os desembargadores Sérgio Antonio Ribas e Miguel Marques e Silva, integrantes da Comissão do Juizado Especial de Defesa do Torcedor, os magistrados do Juizado Especial Criminal José Zoéga Coelho e Ulisses Augusto Pascolati Junior, a delegada de polícia Margarette Barreto, da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), o coronel Balestiero e o capitão Vilariço, do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar e o presidente da Comissão de Arbitragem e diretor de Segurança e Prevenção da Federação Paulista de Futebol, Marcos Cabral Marinho de Moura, além do Juiz assessor da Presidência do TJ Kleber Leyser de Aquino.

O objetivo do encontro foi discutir a incrementação do Juizado Especial do Torcedores para a aplicação de medidas que inibam a violência nos estádios de futebol e nas imediações das praças esportivas, especialmente as brigas entre torcidas nos dias de jogos.