Link de exemplo

Voltar para Notícias

Tutela Coletiva e Cível

MP instaura inquérito para apurar uso irregular de laboratório privado pela Prefeitura de Aguaí

Empresa pertence ao Vice-Prefeito do município

O Ministério Público do Estado de São Paulo instaurou inquérito civil para apurar eventual utilização de clínica particular, pertencente ao Vice-Prefeito de Aguaí, para realização de exames de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) no município.

O inquérito, instaurado pela Promotora de Justiça Substituta Patrícia Taliatelli Barsottini, investiga se a clínica Labvitta Laboratório de Análises Clínicas Ltda., pertencente ao Vice-Prefeito de Aguaí, Adalberto Fassina, realiza exames de pacientes do SUS.

A Promotoria de Justiça de Aguaí instaurou o inquérito no dia 2 de abril contra o Município de Aguaí, o Vice-Prefeito e o laboratório. O documento solicita ao Município informações sobre processo licitatório empregado na contratação da empresa prestadora de serviços.