Link de exemplo

Voltar para Notícias

Criminal

MP obtém condenação de mais um acusado no “Caso dos Skinheads”

O Ministério Público de São Paulo obteve na semana passada a condenação de mais um acusado no “Caso dos Skinheads”: D. G. R., de 29 anos. A sentença é semelhante a dos outros dois condenados: J. A. F., vulgo Dumbão (condenado a 24 anos de detenção) e V. P., conhecido como Capeta (sentenciado a 31 anos e 9 meses de prisão, com redução da pena para 24 anos).

Como a defesa de G., conseguiu um habeas corpus, ele responderá em liberdade até o julgamento dos recursos, uma vez que o advogado da família recorreu da decisão. Atuou no Júri pelo MP, o Promotor de Justiça Leandro Lippi Guimarães.

O fato ocorreu em 2003, quando houve a morte do operador de estoque C. S. L., na época com 19 anos. Na ocasião, os condenados e a vítima estavam em um trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que havia parado na Estação Braz Cubas, para a entrada de passageiros, por volta das 21 horas. C., um amigo e as namoradas de ambos embarcaram, mas logo em seguida passaram a ser xingados e foram obrigados a saltar do vagão em movimento sob ameaça de morte caso descumprissem as ordens dos três agora condenados adeptos do movimento “skinheads”. Após ter ficado internado uma semana, C. S. L., faleceu e o amigo dele teve o braço direito amputado.