Link de exemplo

Voltar para Notícias

Criminal

Operação conjunta dos MPs de São Paulo e de Pernambuco prende Policial Civil da Capital

Uma operação conjunta dos Ministérios Públicos de São Paulo e de Pernambuco, da Polícia Civil de Pernambuco e da Corregedoria da Polícia Civil de São Paulo prendeu, na manhã desta terça-feira (9/12), um policial civil lotado no 8° Distrito Policial da Capital, investigado por participação em um esquema criminoso de tráfico de drogas, receptação de peças de veículos e lavagem de dinheiro.

Segundo investigações da Polícia Civil e do Ministério Público de Pernambuco, o Policial Civil tem um patrimônio avaliado em aproximadamente R$ 10 milhões, incompatível com seus rendimentos, em torno de R$ 3,9 mil mensais, segundo o portal da transparência. Ele é proprietário de uma loja de autopeças em Petrolina (PE), cidade de onde era feita a distribuição de drogas para outras localidades. O Policial Civil teve sua prisão preventiva decretada pela Justiça.

Outras 14 pessoas foram presas durante a operação, dentre elas uma mulher residente em São Carlos, no interior do Estado. Também foram cumpridos Foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão domiciliar, sendo dois em São Paulo.

Nos dois estados - São Paulo e Pernambuco - foram apreendidos mais de 18kg de cocaína, oito computadores, impressoras a laser, dois veículos, uma moto, diversos cheques em valores variados, e mais de R$12mil em dinheiro, além de pedras preciosas e mais de 20 aparelhos de telefonia celular.

Participaram da operação Promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate aos Delitos Econômicos (GEDEC) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) - Núcleo Ribeirão Preto.