Link de exemplo

Voltar para Notícias

Criminal

Operação do GAECO prende cinco integrantes de célula do PCC

Uma operação do Ministério Público do Estado de São Paulo, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) - Núcleo São Paulo, em conjunto com a Polícia Militar, resultou na prisão de cinco pessoas. A operação, deflagrada na manhã desta sexta-feira (12/12), teve como objetivo desarticular uma célula da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que atua nas zonas norte e leste da Capital e nos municípios de Guarulhos, na Grande São Paulo, e de Guararema, no Vale do Paraíba. Uma pessoa está foragida.

As cinco pessoas tiveram a prisão preventiva pela Justiça que também expediu nove mandados de busca e apreensão, cumpridos em endereços da Capital, de Guarulhos, de Guararema e de Praia Grande, na Baixada Santista. Foram apreendidas armas de fogo, inclusive de uso restrito, cocaína, ecstasy, aparelhos celulares, pen drives, chips telefônicos, documentos e dinheiro.

As investigações, iniciadas a partir da existência de notícia da participação de lideranças locais do PCC em uma série de atentados cometidos contra policiais civis e militares na zona leste da Capital e em Guarulhos, em agosto, vêm sendo realizadas há quatro meses, período em que foram colhidas provas da prática dos crimes de organização criminosa e associação para o tráfico de drogas envolvendo as seis pessoas que tiverem a prisão preventiva decretada. Todas exerciam funções de destaque na facção criminosa.

A operação teve a participação de Promotores de Justiça do GAECO - Núcleos São Paulo e Santos, de servidores do MP e de Policiais Militares de São Paulo, Guararema, Guarulhos e Praia Grande.