Link de exemplo

Voltar para Notícias

Tutela Coletiva e Cível

PGJ fala à Radio Bandeirantes sobre decisão de Desembargador do Rio

Entrevista versou sobre a concessão de habeas corpus a manifestantes

O Procurador-Geral de Justiça de São Paulo, Márcio Fernando Elias Rosa, concedeu entrevista ao jornalista Milton Parron, no Programa Ciranda da Cidade, da Rádio Bandeirantes, na última quarta-feira (30/07), sobre as decisões do Desembargador Juiz Siro Darlan, do Rio de Janeiro, de conceder habeas corpus aos 23 ativistas acusados de promover a violência em protestos no Rio de Janeiro. O Desembargador classificou a atuação do Ministério Público como “inutilidade”.

“Os atos violentos em meio às manifestações populares precisam ser reprimidos, porque eles colocam em xeque um direito que todos têm de protestar, um direito que todo cidadão tem de reivindicar”, disse o Procurador-Geral de Justiça.

“Quando em meio a essas manifestações, algumas pessoas se apresentam para aproveitar a oportunidade e praticar crimes, eles precisam ser duramente reprimidos porque causam dano inimaginável, não apenas danos ao patrimônio público, mas danos às próprias instituições,” completou Márcio Elias Rosa.

Em relação à declaração do Desembargador, Elias Rosa afirmou que, “se o Magistrado, ao tomar uma decisão leva em conta seu testemunho pessoal, que revela preconceito em relação às instituições e passa a desferir ataques dessa natureza, nós só temos de lamentar profundamente”.

Ouça aqui a entrevista