Link de exemplo

Voltar para Notícias

Tutela Coletiva e Cível

Procurador-Geral de Justiça participa de homenagem ao Presidente do STF na Fiesp

Ricardo Lewandowski foi recebido em jantar prestigiado por diversas autoridades

O Procurador-Geral, Márcio Elias Rosa; o Subprocurador-Geral de Relações Externas, Arnaldo Hossepian; familiares do Ministro homenageado e o Presidente do STF, Ricardo Lewandowsky.
O Procurador-Geral, Márcio Elias Rosa; o Subprocurador-Geral de Relações Externas, Arnaldo Hossepian; familiares do Ministro homenageado e o Presidente do STF, Ricardo Lewandowsky.


O Procurador-Geral de Justiça, Márcio Fernando Elias Rosa, participou na noite desta segunda-feira (17/11) de jantar em homenagem ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça, Ministro Ricardo Lewandowski, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Em nome do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, o Presidente do Conselho Superior de Assuntos Jurídicos da Fiesp, Ministro Sydney Sanches, deu boas vindas ao homenageado. Na sequência, o desembargador João Claudio Caldeira fez um discurso enaltecendo a figura de Ricardo Lewandowski que, depois, fez seu pronunciamento.

Autoridades durante a homenagem ao Ministro Ricardo Lewandowsky na Fiesp.
Autoridades durante a homenagem ao Ministro Ricardo Lewandowsky na Fiesp.


O evento contou com a presença de diversas, entre elas o Presidente do Tribunal Superior Eleitoral e Ministro do STF, José Antonio Dias Toffoli; o Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Desembargador José Renato Nalini; a senadora Marta Suplicy; o Comandante da Força Aérea Brasileira, Juniti Saito; o Presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região; a ex-Ministra do STF e conselheira do Conselho Superior de Assuntos Jurídicos da Fiesp Ellen Gracie; o Senador eleito José Serra; o ex-Prefeito de São Paulo Gilberto Kassab; o Presidente da Fiesp, Paulo Skaf; o primeiro e segundo vice-presidentes da entidade, Benjamin Steinbruch e João Guilherme Sabino Ometto, respectivamente; o Cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, o Subprocurador-Geral de Justiça de Relações Externas, Arnaldo Hossepian Salles Lima Junior e o Presidente do Tribunal de Justiça Militar, Paulo Adib Casseb.